Como contar minha história e engajar pessoas ao mesmo tempo? Segunda Oficina Livre aconteceu no último sábado com o tema Assessoria de Imprensa.

Na tentativa de vencer o desafio de, todo mês, reunir profissionais da área de comunicação com grupos culturais, sociais e artísticos para dialogar e dar dicas sobre como expor ao mundo seus projetos, a segunda Oficina Livre aconteceu sábado, 10, com o tema Assessoria de Imprensa.

Atualmente todos são bombardeados com informações o tempo inteiro e, como as redações de jornais, revistas e emissoras estão cada vez mais enxutas, é importante compreender que, mesmo com projetos importantes, ações relevantes e grande mobilização de pessoas, há um jeito de fazer com que veículos de comunicação escolham contar suas histórias.

Antes de apresentar qualquer tipo de ferramenta ou de estratégia, os jornalistas Marcelo Bolzan e Yumi Novais estiveram no Espaço Cultural CITA durante duas horas e destacaram que a comunicação, antes de tudo, é relacionamento. Essa relação inicia-se dentro da própria equipe de trabalho dos coletivos, com alinhamento de valores, propósitos, discursos e papéis. Daí começa-se definir estratégias.

Marcelo Bolzan e Yumi Novais sempre trabalharam com Assessoria de Imprensa e Comunicação Corporativa e facilitaram um encontro leve, esclarecendo diversas dúvidas com exemplos práticos de como e quando a estratégia de divulgação para a Imprensa pode fazer as ações culturais, sociais e artísticas que realizam alcançar as páginas dos jornais e revistas e a tela da televisão.

Nós, Escola de Notícias, ficamos imensamente gratos aos que participaram do encontro no Espaço Cultural CITA, especialmente Marcelo e Yumi que disponibilizaram seus talentos, habilidades, conhecimentos e bom humor para esta manhã fria, mas ensolarada, de sábado. Obrigado. Beijo especial para Aline Kelly, Caique Oliveira e Juan Perazzo.

Em breve abriremos inscrições para a Oficina Livre III. Fiquem atentos. 😉