Escola de Notícias promove rodada formativa com adolescentes de produção em rádio; iniciativa é da Vocação e será realizada em duas organizações sociais da zona sul de São Paulo.

Começou na segunda-feira, 4, a segunda fase de um trabalho de formação em educomunicação desenvolvido pela Escola de Notícias com crianças e adolescentes das organizações sociais apoiadas pela Vocação, antiga Ação Comunitária. Na primeira rodada foi trabalhada a linguagem fanzine e agora foram iniciadas vivências nos jardins Aracati e Icaraí em rádio. Os encontros, com duração de duas horas, são feitos com as turmas da manhã e tarde, totalizando 80 crianças que passarão pela experiência.

Misturando entregas conceituais sobre produção radiofônica, vivências, jogos e construção coletiva de conhecimento sobre temas como público alvo, gêneros publicitários, a Escola de Notícias iniciou a jornada na ONG Bom Pastor, no extremo sul. O encontro, leve e muito divertido, mostrou que a turma está absolutamente entregue e disponível para o percurso formativo que estamos propondo, transformando esse processo educativo em algo transformador para dentro e para fora, em ambas as direções. Afinal de contas, somos todos educadores e aprendizes.

E eles já saíram com produções no primeiro encontro. A partir de uma série de exercícios para o entendimento da importância e impacto do rádio na vida das pessoas, em especial na vida de pessoas dentro dessa faixa etária, 12 a 15 anos, Ana Carolina Rodrigues, co-facilitadora, e Tony Marlon, que puxou as atividades do dia, oferecem uma jornada que saiu de uma boa conversa sobre poder do som na criação do nosso imaginário, abordando temas como paisagem sonora e emoções causadas pelo rádio, chegando até o uso do celular dentro do processo educativo.

Sem mesa de som, microfones, computadores para edição, e outras tecnologias que só serão apresentadas nos dois próximos encontros, os adolescentes tiveram que resignificar seus corpos, os espaços que habitam e o próprio aparelho celular como potencialidades sonoras e recursos comunicativos. O objetivo da Escola de Notícias é mostrar que todos podem, e tem o direito, de produzir comunicação, em todo e qualquer contexto técnico e humano.

Com a comercialização de produtos e serviços em Formação de Público, Facilitação de Processos e Mobilização Social, a Escola de Notícias gera recursos financeiros que subsidiam a gratuidade de seus projetos próprios no Campo Limpo. E nós queremos agradecer imensamente à Vocação pela confiança, as ONGs Bom Pastor e Icaraí pela acolhida e cuidado, à Maytê Saad pela parceria mais que inspiradora e, principalmente, às crianças e adolescentes por se divertirem de aprender com a gente.