Eles foram alunos da Escola de Comunicação Comunitária em 2013; hoje, são companheiros de trabalho, mas continuam estudando muito.

Se você chegou nessa página hoje, saiba que a Escola de Notícias tem um Programa de Monitoria Educativa em que oferece a ex-participantes da EComCom a oportunidade de uma vivência profissional em comunicação, com geração de trabalho e renda. A brincadeira é que essa galera consiga, na prática, confirmar se é, realmente, essa a área em que gostariam de atuar profissionalmente, antes de mesmo de entrarem na faculdade ou no mercado.

Quer ver imagens desses encontros? Clique aqui.

O programa apresenta um cardápio de oportunidades para que Leonardo Pereira e Bianca Braga, 17, possam ampliar o seu repertório pessoal e profissional até dezembro desse ano. Para aumentar o conhecimento técnico de ambos em fotografia, por exemplo, Petterson André, educador da EComCom 2014, promoveu uma vivência no Espaço CITA, que misturou momentos conceituais e práticos. Já no sábado, 4, Léo e Bianca tiveram encontro com Camila Vaz, educadora de Cinema e TV, para entenderem sobre produção audiovisual.

Guardião pessoal: nós, maiores.

Mas não é só a questão técnica que nos move dentro do Programa de Monitoria Educativa. Para fortalecer e ampliar o repertório pessoal de Bianca e Leonardo, ambos podem escolher ao longo do ano, dentro da equipe da EComCom, Guardiões Pessoais. Esses guardiões criam junto com os jovens um plano de trabalho para que possam trocar experiências de vida.

Isso mesmo: não se trata de questões profissionais mas, sim, o que ambos podem aprender um com o outro, a partir de uma série de encontros, apoiados financeiramente pela Escola de Notícias. Ana Luiza Vastag, facilitadora de Cinema e TV, e Petterson André, foram os escolhidos por Bianca e Leonardo, respectivamente.

Leia sobre a Monitoria Educativa aqui.

Até o fim do ano, esse quarteto irá fazer saídas fotográficas, trocar receitas de bons pratos, andar de skate, visitar exposições culturais, e outra enorme listinha de coisas inspiradoras.