Troca entre organizações permite participação de Léo Pereira em workshop de facilitação gráfica; jovem fez parte da primeira temporada da EComCom, em 2013.

Nos dias 14 e 15 de junho, a empresa organizou a décima quarta edição do workshop de facilitação gráfica, com participantes de todos os cantos da cidade de São Paulo e de fora. Gente com muita ou nenhum experiência na área. Na hora lembramos de Leonardo Pereira, 17, que em 2013 participou da Oficina de Jornalismo e Rádio da Escola de Comunicação Comunitária.

 Apaixonado por desenho desde criança, Léo, que a partir desse ano é conselheiro institucional do Escola de Notícias,  conta que cresceu desenhando em casa com os amigos. “Fazíamos umas competições pra ver quem desenhava, copiava melhor algum personagem. Eu amava aquilo! Então fui desenvolvendo o traço, dica de amigos, tutoriais, revistas e etc. Mas até então era só um passatempo, nunca tinha olhado pra minha habilidade de desenhar como um talento”. E decidimos propor uma parceria com a Moom: em troca de bolsa de estudos para que Leo conhecesse a área de facilitação gráfica, o Escola de Notícias se propunha a produzir um teaser sobre o trabalho da empresa.  Proposta feita, proposta aceita, e lá foi o Léo fazer o que ama: desenhar. Mas, agora, com um objetivo e olhar diferentes.

“Eu não conhecia nada sobre facilitação gráfica. Ouvi sobre isso pouco tempo antes, e achei incrível a forma que os desenhos são utilizados. A frase ‘entendeu ou quer que eu desenhe?’ nunca fez tanto sentido”, explica Léo, que vê sim como possibilidade de atuação profissional o que ele só conheceu outro dia, mas já se encantou, ao que parece: “A experiência com facilitação foi ótima, e eu super acredito que posso me especializar na área. Com um pouquinho mais de bagagem, experiência e prática, acredito que eu possa ser um Facilitador Gráfico daqui um tempo”, finaliza.

Nós, Escola de Notícias, queremos agradecer imensamente a Moom, em especial a Mila Motomura, pela disponibilidade, carinho e receptividade com essa ideia de trocar serviços (e sonhos). E toda sorte e sucesso do mundo ao Léo em sua possível nova caminhada. E em todas as outras que ele vier a fazer.