Segunda Aula Comunitária leva os jovens participantes até o Jardim São Bento; o encontro foi na rua, sobre poesia e produção literária.

Ao longo de todo o Módulo II da Escola de Comunicação Comunitária, as turmas de Fotografia & Vídeo, Jornalismo & Escrita Criativa e Criação Gráfica estudam de forma prática e vivencial quais são os Pontos de Luz que existem dentro de suas ruas e seus bairros. Mais que isso: investigam apreciativamente como esses Pontos de Luz interferem nas dinâmicas sociais e culturais de seus territórios, buscando mapear os talentos e recursos disponíveis nele. No dia 18 de julho, na Praça do Campo Limpo, todos esses personagens estarão em um grande encontro ao ar livre para celebrar a diversidade e a riqueza presente na periferia.

E na quinta-feira, 25, foi a vez dos meninos e meninas que integram a temporada 2015 irem até a região do Capão Redondo, no extremo sul, e vivenciarem uma tarde que falou de poesia, de literatura, sobre as lutas sociais e a mistura e o encontro de tudo: os saraus que se proliferam pelos cantos da cidade.

Anfitrionados por Rogério Gonzaga, idealizador do Praçarau, que é realizado na Cohab Adventista, a turma pôde bater um papo sobre a periferia vem resinificando a produção literária nos últimos anos. Para ilustrar o exemplo, Rogério convidou o escritor José Sarmento. Ele já lançou sete romances e se prepara para colocar na rua mais um. José contou que alfabetizou apenas aos 14 anos de idade. De lá para cá, buscou de toda forma recuperar o tempo perdido. Além da conversa com Rogério e com Sarmento, o encontro teve também intervenções poéticas do Sarau da Ponte pra Cá, que fica na divisa entre Taboão da Serra e São Paulo.

Nós, Escola de Notícias, queremos agradecer imensamente ao Rogério Gonzaga pelo cuidado e carinho em acolher nosso pedido em nos receber num sarau especial para a turma da Temporada 2015 da Escola de Comunicação.  Queremos agradecer também a todos os convidados desse encontro mais que especial e que, com certeza, nos inspirou profundamente.

Ao longo de todo o Módulo II da Escola de Comunicação Comunitária, as turmas de Fotografia & Vídeo, Jornalismo & Escrita Criativa e Criação Gráfica estudam de forma prática e vivencial quais são os Pontos de Luz que existem dentro de suas ruas e seus bairros. Mais que isso: investigam apreciativamente como esses Pontos de Luz interferem nas dinâmicas sociais e culturais de seus territórios, buscando mapear os talentos e recursos disponíveis nele. No dia 18 de julho, na Praça do Campo Limpo, todos esses personagens estarão em um grande encontro ao ar livre para celebrar a diversidade e a riqueza presente na periferia.

E na quinta-feira, 25, foi a vez dos meninos e meninas que integram a temporada 2015 irem até a região do Capão Redondo, no extremo sul, e vivenciarem uma tarde que falou de poesia, de literatura, sobre as lutas sociais e a mistura e o encontro de tudo: os saraus que se proliferam pelos cantos da cidade.

Anfitrionados por Rogério Gonzaga, idealizador do Praçarau, que é realizado na Cohab Adventista, a turma pôde bater um papo sobre a periferia vem resinificando a produção literária nos últimos anos. Para ilustrar o exemplo, Rogério convidou o escritor José Sarmento. Ele já lançou sete romances e se prepara para colocar na rua mais um. José contou que alfabetizou apenas aos 14 anos de idade. De lá para cá, buscou de toda forma recuperar o tempo perdido. Além da conversa com Rogério e com Sarmento, o encontro teve também intervenções poéticas do Sarau da Ponte pra Cá, que fica na divisa entre Taboão da Serra e São Paulo.

Nós, Escola de Notícias, queremos agradecer imensamente ao Rogério Gonzaga pelo cuidado e carinho em acolher nosso pedido em nos receber num sarau especial para a turma da Temporada 2015 da Escola de Comunicação.  Queremos agradecer também a todos os convidados desse encontro mais que especial e que, com certeza, nos inspirou profundamente.