Escola de Notícias facilita vivência de Comunicação Institucional com jovens do Projeto Velame; iniciativa da OBB está formando 20 jovens transformadores sociais

Foi um sábado intenso. E frio. Vindos de vários cantos da cidade de São Paulo, e até de fora dela, exemplo de uma participante de Cajamar, jovens transformadores sociais vem se encontrando semanalmente no Instituto Acaia, na zona oeste da capital, para vivenciar a edição 2014 do Projeto Velame, que reúne 20 jovens  sociais para potencializar suas ideias de transformação social no mundo.

Saiba mais sobre o Velame clicando aqui.

No sábado, 31, chegou a vez da Oficina de Comunicação Institucional, que foi facilitada pela Escola de Notícias, assim como aconteceu na edição anterior do projeto. Karol Coelho, Tony Marlon e Bianca Braga, Monitora Educativa, desenharam um dia totalmente diferente de uma “aula normal” para que os jovens não apenas pudessem discutir como a comunicação engaja pessoas e impulsiona transformação, mas que eles pudessem experimentar isso na prática, ao longo do dia. Às vezes, sem nem mesmo perceber que estavam estudando a respeito.

Para isso, a equipe da Escola de Notícias transformou o dia em uma jornada de aprendizagem em comunicação, de modo que desde o momento em que os jovens chegaram já estavam tendo dicas, inspirações de como usar a comunicação para engajar os públicos de seus futuros empreendimentos. Em determinados momentos essas informações eram passadas de forma muito sutil, como numa playlist de música que eles selecionaram e que foi tocada durante todo o dia, ou em outros momentos por meio de atividades vivenciais, como a construção de um painel de qualidades do Facebook, Twitter e Instagram, entre outros exemplos. Nós, da Escola de Notícias, acreditamos que ao invés de estudar comunicação, o transformador é vivê-la integralmente e só depois discutir o que faz mais sentido em cada caso.

O dia terminou em roda, com uma colheita inspirada por uma pergunta simples: diante de tudo que vivi, valeu a pena sair de casa hoje e vir até aqui? Para medir o nível de aproveitamento da Oficina de Comunicação Institucional, a Escola de Notícias construiu um painel de necessidades da turma no começo do dia que foi avaliado no fechamento da vivência. Com a pergunta “o que nós precisamos entregar para que você se sinta bem aqui”, esse painel foi avaliado por todos no encerramento. Ao que pareceu nenhum pedido deixou de ser entregue. Nem o Café com Leite, pão e queijo, pedindo por um dos participantes.

Nós, Escola de Notícias, queremos agradecer imensamente à equipe do Projeto Velame e da OBB pelo convite e crença em nosso propósito. Vocês estão ajudando a fortalecer a nossa Escola de Comunicação Comunitária, no Campo Limpo.