Para apresentar Programa de Monitoria Educativa, Escola de Notícias reúne pais de ex-alunos da Temporada 2013 da Escola de Comunicação Comunitária.

Imagina ter como companheiros de trabalho pessoas que, até ontem, eram seus alunos? Uma das brincadeiras do Programa de Monitoria Educativa é justamente essa. As outras são mais sérias, mais igualmente divertidas: oferecer um ambiente seguro de vivência profissional para as turmas da Escola de Notícias; promover emprego e renda para jovens moradores do Campo Limpo e criar um espaço de aprofundamento técnico em comunicação, momento para validar, na prática, se é isso mesmo que essa galera quer fazer nos próximos anos de vida.

E foi assim que a equipe institucional da Escola de Notícias e da EComCom construíram, juntas, um grande e detalhado documento que norteia a Monitoria Educativa, programa que oferece uma série de atividades com foco na continuidade da formação de Leonardo Pereira e Bianca Braga, 17, ao longo de 2014. Até um Guardião Pessoal, que os ajuda a mergulhar em áreas de interesse profissional e pessoal, está sendo feito com esses monitores.

E no sábado, 13, foi a vez de apresentar esse documento, detalhe por detalhe, vírgula por vírgula, aos pais de Leonardo e Bianca. A reunião aconteceu no Espaço Cultural CITA, na Praça do Campo Limpo, a casa da Escola de Notícias, e contou com a presença de Petterson André, da Oficina de Fotografia, Camila Vaz, da Oficina de Vídeo, Unilson Mangini Jr, de Jornalismo Impresso, além de Karol Coelho e Tony Marlon, da equipe institucional da Escola de Notícias.

A conversa, além de apresentar o Programa de Monitoria Educativa, também serviu para que os responsáveis pelos monitores pudessem tirar dúvidas sobre o funcionamento da iniciativa. O Programa de Monitoria Educativa em sua edição de 2014 acontece até o mês de dezembro, quando Leonardo e Bianca darão lugar a mais dois jovens que nos acompanharão ao longo do próximo ano, recebendo uma Bolsa Auxílio para isso.