Primeiro episódio de websérie criada pela Oficina de Fotografia e Vídeo estreia sábado; produção será apresentada na Sessão Comunitária do Módulo III da Escola de Comunicação.

No sábado, 16, a Escola de Comunicação Comunitária do Escola de Notícias encerra o terceiro módulo da Jornada de Aprendizagem em 2013. Durante os encontros dessa penúltima etapa de formação, as oficinas de Fotografia & Vídeo e Jornalismo & Rádio avançaram tecnicamente nos conteúdos e também se deburaçaram mais sobre a comunidade que estudam nesse momento: a escola.

Inspirados no tema do módulo, as duas oficinas preparam produções para apresentar na Sessão Comunitária, momento em que o grupo se encontra com profissionais de comunicação que desenvolvem algum tipo de trabalho focado em educação e comunicação. A Oficina de Fotografia e Vídeo, por exemplo, promoverá a estreia do primeiro capítulo de uma websérie que irá contar as coisas que acontecem no universo escolar na época da adolescência.

“Nos queríamos abordar coisas que vimos, vivemos ou ouvimos na nossa escola ou em outro ambiente em relaçao a divisão de grupos, aquela divisão por aparência, sabe? Todo mundo ja viu algo desse tipo, porque não acontece somente nas escolas. mas em todos os lugares”, conta Barbara Braga, 16, que é a diretora desse primeiro capítulo de “A Lá Pampe”, título da série.

1

O nome diferente foi escolhido por acaso, conta Bárbara.  “Eu estava em um site procurando e vendo algumas palavras e seus significados quando dei de cara com A LÁ PAMPE. Eu achei diferente e com a sonoridade legal”, diz a diretora, que explica que continuou pesquisando até conseguir achar uma conexão entre o nome a a intenção da produção.

“Quase morri de tanta felicidade (com o significado), que é ‘Indivíduo que se encontra confortável em relação à situação física ou moral atual’. Pensei comigo mesma: esse tem que ser o nome, porque fala basicamente do que tentamos abordar no primeiro episódio: pessoas que se sentem a vontade sendo o que são”, explica. O grupo gostou do nome e do significado, e o nome ficou.

As gravações aconteceram no Espaço Cultural CITA, da Trupe Artemanha, na Praça do Campo Limpo, onde o Escola de Notícias desenvolve suas atividades. Foram dois sábados inteiros de gravação, que exigiu um grande trabalho de produção. E deixou um certo cansaço no elenco principal e nos figurantes, conta Bárbara. “Eu acabei me surpreendendo demais com toda essa vivência. Foram duas semanas de correria, dois sábados loucos de dez, onze horas gravando.  Loucura. Mas conheci jovens bastante talentosos, pessoas dispostas a nos ajudar sem nada em troca. Isso fez com que grande parte do processo valesse a pena”.

3

O primeiro episódio de “A Lá Pampe” irá apresentar um cenário bem comum à juventude no do universo escolar: as separações em grupos, a rivalidade entre eles, estereótipos e preconceitos e todos os desafios da juventude na construção de sua identidade coletiva e individual.

Em breve iremos disponibilizar o vídeo completo aqui no site do Escola de Notícias. Mas se você quiser ver a estreia ao vivo com a gente, só mandar um e-mail para contato@escoladenoticias.org